Polícia

Homem é preso após tentar matar vítima a golpes de facão e incendiar casa em Naviraí

Robson Caitano da Silva, conhecido como “Monstro” de 21 anos e seu comparsa Fernando Ortega da Silva de 18 anos foram identificados pela Polícia Civil de Naviraí sob acusação de tentativa de homicídio e incendiar uma residência na cidade. De acordo com registro policial, os dois jovens tentaram matar Marcio Vieira Caires de 38 anos […]

Arquivo Publicado em 28/08/2012, às 15h48

None
1991704375.JPG

Robson Caitano da Silva, conhecido como “Monstro” de 21 anos e seu comparsa Fernando Ortega da Silva de 18 anos foram identificados pela Polícia Civil de Naviraí sob acusação de tentativa de homicídio e incendiar uma residência na cidade.


De acordo com registro policial, os dois jovens tentaram matar Marcio Vieira Caires de 38 anos a golpes de facão. O crime teria ocorrido por volta das 22h de sábado (25) no bairro Jardim Paraíso.


Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de briga, e ao chegar no local os agentes encontraram a casa da vítima pegando fogo. O Corpo de Bombeiros foi chamado e controlou o incêndio.


A vítima, que estava na casa, apareceu com manchas de sangue e informou aos policiais que teria sido agredida por dois homens. Ele ainda disse que conhecia um dos suspeitos, que morava no mesmo bairro, mas que desconhecia o motivo da tentativa de homicídio. Os homens teriam agredido a vítima e em seguida provocado o incêndio na casa antes de fugirem. O imóvel ficou totalmente destruído.


Após tomar conhecimento dos fatos o Serviço de Investigação Geral (SIG) da Polícia Civil de Naviraí identificaram e prendeu Robson como um dos responsáveis pela tentativa de homicídio e incendiar a casa da vítima. Fernando, acusado de ser comparsa de Robson se apresentou com advogado na manhã desta terça-feria (28).


Monstro ao ser abordado pelos policiais civis, portava um revolver de calibre 32 e mais de 20 munições. Ele foi encaminhado para Penitenciária de Naviraí onde se encontra a disposição da Justiça local.

Jornal Midiamax