Polícia

Dois homens são presos por pesca ilegal no Rio Paraguai

Policiais Militares Ambientais de Corumbá (MS) prenderam nesta sexta-feira (20), às 02h35, dois homens por pescar em período de piracema. Eles estavam pescando em um local denominado “Porto Barranqueira”, localizado a 3 km do porto geral, com petrechos proibidos e pescado em tamanho inferior ao permitido. Com os pescadores foram apreendidos: uma rede de pesca […]

Arquivo Publicado em 20/01/2012, às 18h33

None

Policiais Militares Ambientais de Corumbá (MS) prenderam nesta sexta-feira (20), às 02h35, dois homens por pescar em período de piracema. Eles estavam pescando em um local denominado “Porto Barranqueira”, localizado a 3 km do porto geral, com petrechos proibidos e pescado em tamanho inferior ao permitido.

Com os pescadores foram apreendidos: uma rede de pesca de 60 metros de comprimento, 14 kg de pescado, sendo um peixe da espécie cachara, com 10 Kg, medindo 96 cm, dois pescados de pacu, com 03 Kg, medindo cada um 39 cm, portanto, em tamanho inferior ao permitido que é de 45 centímetros para a espécie, um pescado palmito, com 1 Kg e uma chalana de madeira de cor verde, com 5 metros de comprimento.

Os autuados, de 18 e 27 anos, residentes em Corumbá, receberam multa no valor de R$ 980e R$ 1.960 respectivamente, por prática de pesca predatória. Eles foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal, onde foram autuados em flagrante por pescar durante a piracema, com petrechos proibidos e capturar peixe fora da medida permitida.

A pena pela prática de pesca predatória é de um a três anos de detenção, multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Jornal Midiamax