Polícia

Bandidos que assaltaram motéis em Campo Grande são presos quando iam para assentamento

Robério da Silva, 35, Tatiane Silva da Silva, 24, e Oldemir Teixeira Greff, 40, foram presos por dois assaltos em motéis de Campo Grande, na madrugada desta sexta-feira (26), em Campo Grande. Eles foram presos por policiais civis e apresentados na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) Robério e Tatiane foram flagrados em […]

Arquivo Publicado em 26/10/2012, às 21h38

None
52200932.jpg

Robério da Silva, 35, Tatiane Silva da Silva, 24, e Oldemir Teixeira Greff, 40, foram presos por dois assaltos em motéis de Campo Grande, na madrugada desta sexta-feira (26), em Campo Grande. Eles foram presos por policiais civis e apresentados na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (Derf)

Robério e Tatiane foram flagrados em um posto de gasolina, na avenida Marechal Deodoro, na saída de Sidrolândia no momento em que abasteciam o veículo Pálio, usado nos assaltados. Um das lanternas traseiras do veículo estava quebrada, fato que ajudou na identificação.

Após a prisão do casal, a polícia encontrou Oldemir em sua casa no bairro Parque do Sol. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 32.

Assalto

O primeiro caso ocorreu por volta de 2h15, no Motel Caliente, localizado na rua Monalisa, no bairro Tijuca. Armado, o trio rendeu uma funcionária que levou um tiro no pé. Segundo Obério, que deu o tiro, o disparo foi acidental. A vítima chegou a ficar trancada. Do local, o trio levou dinheiro.

Já por volta das 5h30, os mesmos meliantes assaltaram o Motel Paraíso, que fica na saída para Sidrolândia, na rua Marechal Deodoro, no bairro Coophavila. Uma das vítimas, que não quis se identificar por receio de represálias, informou que um casal surgiu como clientes.

Apenas quando o casal entrou no estabelecimento, que as funcionárias perceberam o segundo homem. De acordo com a vítima, os dois homens chegaram armados e fazendo ameaças. Eles renderam uma camareira e a recepcionista do motel, mandaram elas se despirem e as trancaram no banheiro.

Apenas quando Obério e Tatiane entraram no estabelecimento, que as funcionárias perceberam o segundo homem. De acordo com a vítima, os dois homens chegaram armados e fazendo ameaças. Eles renderam uma camareira e a recepcionista do motel, mandaram elas se despirem e as trancaram no banheiro.

Elas conseguiram escapar forçando a porta, depois que eles foram embora. Os meliantes levaram dinheiro e seus pertences, bolsas, celulares. “Achei que ia morrer, eles me deram até um tapa na cara e ficavam apontando a arma o tempo todo. Foram bastante violentos, fiquei apavorada”, conta a vítima ao registrar o Boletim de Ocorrência.

Com os três foram apreendidos TV, facas, aparelho de som, carne bebidas e outros alimentos que estava sendo levados por Robério e Tatiane a um assentamento próximo a Sidrolândia. A polícia investiga a participação do casal em roubos a pontos de ônibus.

Jornal Midiamax