Polícia

Atirador é mantido separado de outros presos no Colorado

James Holmes, que matou 12 pessoas ao abrir fogo em uma sala de cinema na cidade de Aurora, é mantido separado dos outros detentos na prisão do Condado de Arapahoe, no Colorado, para onde foi levado após o massacre. Segundo uma ex-presidiária liberada neste sábado informou ao Denver Post, os demais detentos consideram o crime […]

Arquivo Publicado em 21/07/2012, às 23h08

None

James Holmes, que matou 12 pessoas ao abrir fogo em uma sala de cinema na cidade de Aurora, é mantido separado dos outros detentos na prisão do Condado de Arapahoe, no Colorado, para onde foi levado após o massacre. Segundo uma ex-presidiária liberada neste sábado informou ao Denver Post, os demais detentos consideram o crime “doentio” e, devido à dimensão da ocorrência, a polícia tomou medidas para proteger a vida do atirador.

Algumas detentas foram transferidas de local para que uma cela pudesse ser destinada exclusivamente a Holmes. Ele não foi ameaçado na prisão, não recebeu visitas e se nega a conceder entrevistas, de acordo com o xerife Grayson Robinson. Informações de que o atirador cuspiu em um dos guardas e de que as janelas da cela foram escurecidas foram negadas pela polícia.

Atirador mata 12 em estreia de Batman

Um homem abriu fogo em uma sala de cinema durante a estreia de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, em Aurora, no Estado americano do Colorado, na madrugada de sexta-feira, dia 20. Doze pessoas morreram e outras 59 ficaram feridas. O atirador, identificado como James Eagen Holmes, 24 anos, foi preso no estacionamento. Ao ser detido pelas autoridades, ele teria dito que era o Coringa. Mais tarde, a polícia vasculhou o apartamento do suspeito e encontrou explosivos. Obama declarou luto nacional por seis dias.

Jornal Midiamax