Polícia

Trio preso em Caarapó fazia parte de quadrilha que usava menina de 12 anos para vigiar reféns

Uma garota de 12 anos fazia parte da quadrilha presa pela Polícia Militar de Caarapó, na manhã da última segunda-feira. Os bandidos agiam em São Paulo. Na ocasião, conforme já noticiou o CaarapoNews, três homens foram presos na cidade com uma caminhonete de um promotor sequestrado em Sorocaba (SP) no último sábado e libertado pela […]

Arquivo Publicado em 19/10/2011, às 19h49

None

Uma garota de 12 anos fazia parte da quadrilha presa pela Polícia Militar de Caarapó, na manhã da última segunda-feira. Os bandidos agiam em São Paulo.

Na ocasião, conforme já noticiou o CaarapoNews, três homens foram presos na cidade com uma caminhonete de um promotor sequestrado em Sorocaba (SP) no último sábado e libertado pela policia no domingo.

Os criminosos entregariam o veículo no Paraguai. Dorlam Borges era o articulador da quadrilha, recebendo as ligações dos bandidos paraguaios e roubando caminhonetes no estado de São Paulo

Os assaltos eram todos feitos por encomenda. Os bandidos sabiam exatamente o tipo de caminhonete, a cor, o ano e o modelo do veículo que deveria ser roubado. Para manter o dono do veiculo refém no interior de São Paulo até que a caminhonete chegasse ao Paraguai, a quadrilha tinha três cativeiros na região: dois em Salto de Pirapora e um em Votorantim.

Cinco pessoas foram presas: dois adultos e três menores. Uma menina de 12 anos vigiava os reféns e era namorada do chefe da quadrilha. Testemunhas contaram na delegacia que a menina usava uma faca para ameaçá-las de morte.

Jornal Midiamax