Polícia

Policia faz reconstituição de homicídio culposo no trânsito de Angélica

A Polícia Civil do município de Angélica realizou a reconstituição de um crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, ocorrido no dia 20 de fevereiro deste ano, o que levou ao indiciamento de duas pessoas. Diante da pouca clareza acerca dos fatos, a autoridade policial de Angélica determinou a reprodução simulada dos fatos, […]

Arquivo Publicado em 11/03/2011, às 12h17

None

A Polícia Civil do município de Angélica realizou a reconstituição de um crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, ocorrido no dia 20 de fevereiro deste ano, o que levou ao indiciamento de duas pessoas.

Diante da pouca clareza acerca dos fatos, a autoridade policial de Angélica determinou a reprodução simulada dos fatos, utilizando-se da prerrogativa que lhe confere o artigo 7º, do Código de Processo Penal (CPP).

De acordo com os levantamentos pré-eliminares, na madrugada do dia 19/02 para o dia 20/02, o jovem Fábio Nunes dos Santos (27 anos) foi encontrado ainda com vida, mas morreu logo depois, já no hospital, em decorrência de sofrer um acidente de trânsito, no qual bateu a parte posterior da nuca em uma pedra.

Em razão das divergências nos depoimentos das testemunhas, bem como das dúvidas levantadas, o Delegado de Polícia entendeu necessário a realização da reconstituição do crime, que foi feita no dia 24/02/2011, das 08h30 às 11h30.

Participaram do procedimento: policiais civis da Delegacia de Polícia de Angélica, a Perícia Criminal da Regional de Nova Andradina, as testemunhas e o acusado, Nelson José de Souza (41 anos), acompanhado de sua advogada.

Ao final da reconstituição, a Autoridade Policial ressaltou que o procedimento foi esclarecedor, levando a uma certeza sobre o modo e as circunstâncias do crime, que acarretou no indiciamento de N.J.S. (41 anos) por homicídio culposo no trânsito – qualificado pela omissão de socorro – e fuga do local de acidente (artigos 302, §1°, inciso II, e 305 do CTB).

A reconstituição levou ainda ao indiciamento de mais uma pessoa, E.M.L. (31 anos), pelos crimes de omissão de socorro e favorecimento pessoal (artigos 135 e 348 do CPB). (Com informações da Policia Civil).

Jornal Midiamax