Polícia

Polícia Civil prende acusado de operar disk-drogas em Mundo Novo

Policiais de Mundo Novo prenderam um traficante acusado de estar distribuindo entorpecentes em um sistema “delivery” de distribuição de drogas. Os investigadores haviam recebido a informação de que uma pessoa conhecida como “Negão” iria fazer a entrega de certa quantidade de crack, ao hóspede de um hotel, localizado nas proximidades do Cemitério Municipal Antônio Reneiro. […]

Arquivo Publicado em 18/06/2011, às 14h56

None

Policiais de Mundo Novo prenderam um traficante acusado de estar distribuindo entorpecentes em um sistema “delivery” de distribuição de drogas.

Os investigadores haviam recebido a informação de que uma pessoa conhecida como “Negão” iria fazer a entrega de certa quantidade de crack, ao hóspede de um hotel, localizado nas proximidades do Cemitério Municipal Antônio Reneiro.

Eles então passaram a vigiar o local e viram quando o acusado J.B.S., de 42 anos, que estava de bicicleta, em atitude suspeita, passou pela região, mas não parou e seguiu pela Avenida Brasil, em direção a sede da APAE.

Cerca de meia hora depois, no cruzamento da Avenida, com a Rua José Bonifácio, os policiais o abordaram, sendo que neste momento, ele jogou ao solo, um embrulho de plástico, cor branca, que quando examinado, foi constatado que no interior do pacote, havia uma pedra de crack, que pesava cinco gramas.

Em busca pessoal, foi localizado no bolso do short do acusado, um bilhete escrito “Chupeta”, provável alcunha de quem receberia a droga. Diante dos fatos, ele foi preso em fragrante pelo tráfico de drogas e permanece detido na Cadeia Pública Municipal, que funciona em anexo a Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo.

(Com informações da Polícia Militar)

Jornal Midiamax