Polícia

Parceiro de autor de disparos contra militar e estudante em show na Praça do Papa é preso

Fernando (foto) recebeu ordem de prisão de policiais civis do 7° DP nesta quinta, no momento em que saía de casa na rua Três Lagoas, bairro Santo Amaro. Ele fugiu e foi preso a dez quadras do local. No dia do crime, Fernando estava com Robert Pereira Duarte, 20, autor dos disparos que atingiram o militar do exército Klefferson Borges dos Santos, 20, nas costas, e o estudante Ren...

Arquivo Publicado em 22/09/2011, às 16h20

None
946520006.jpg

Fernando (foto) recebeu ordem de prisão de policiais civis do 7° DP nesta quinta, no momento em que saía de casa na rua Três Lagoas, bairro Santo Amaro. Ele fugiu e foi preso a dez quadras do local. No dia do crime, Fernando estava com Robert Pereira Duarte, 20, autor dos disparos que atingiram o militar do exército Klefferson Borges dos Santos, 20, nas costas, e o estudante Renato Fidelis da Silva, 18, na perna direita.

Fernando Barbosa Rezende Silva, 25 foi preso na manhã desta quinta-feira (22), por tentativa de homicídio contra duas pessoas, na Praça do Papa, durante o show da dupla sertaneja João Bosco e Vinícius, no último dia 26 de agosto, aniversário de Campo Grande.


Fernando recebeu ordem de prisão de policiais civis do 7° DP nesta quinta, no momento em que saía de casa na rua Três Lagoas, bairro Santo Amaro. Ele fugiu e foi preso a dez quadras do local.


No dia do crime, Fernando estava com Robert Pereira Duarte, 20, autor dos disparos que atingiram o militar do exército Klefferson Borges dos Santos, 20, nas costas, e o estudante Renato Fidelis da Silva, 18, na perna direita.


Robert foi preso em flagrante e Fernando fugiu de moto com a arma utilizada, um revólver calibre 38, apreendido com ele. Robert teria visto a ex-namorada na companhia de outra pessoa, e, com isso, ele e o amigo foram tomar satisfação, resultando nos disparos. O último disse à polícia que o autor dos tiros foi Fernando.


No dia do crime, o militar do exército, que havia poucos dias tinha retornado de missão no Haiti, foi levado ao 20° Regimento de Cavalaria, próximo à praça, e posteriormente ao Hospital Militar. Klefferson estava no show na companhia da esposa, que o socorreu.


Já Renato foi atendido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para atendimento. Fernando, que estava em liberdade condicional, possui passagens por lesão corporal, tentativa de homicídio e outros crimes. Contra Robert, há acusação dos crimes de roubo e porte ilegal de arma. Os dois responderão por tentativa de homicídio.

Jornal Midiamax