Polícia

Marcos Valério é preso novamente em Minas Gerais

Operação Terra do Nunca, promovida pelo Ministério Público e Polícia Civil, ainda expediu mandado de prisão para 22 suspeitos

Arquivo Publicado em 02/12/2011, às 11h21

None
359972851.jpg

Operação Terra do Nunca, promovida pelo Ministério Público e Polícia Civil, ainda expediu mandado de prisão para 22 suspeitos

O publicitário Marcos Valério foi detido novamente, no fim da madrugada desta sexta-feira (2), sob acusação de sonegação de impostos, grilagem de terras na Bahia outros crimes não relacionados ao Mensalão. O mandado de prisão foi expedido pelo Ministério Público da Bahia, que realiza a Operação Terra do Nunca em parceria com a Polícia Civil em pelo menos três estados brasileiros.

Vinte e três prisões devem ser realizadas em todo o país. Em Belo Horizonte, além de Valério, que foi detido em sua mansão, no Bairro Bandeirantes, Região da Pampulha, também foram presos Ramon Cardoso, Francisco Marcos Castilho Santos e Margarete Maria de Queiroz Freitas, todos encaminhados à Delegacia Regional Noroeste, no Bairro Carlos Prates. Os três são acusados de envolvimento no esquema do Mensalão junto com o publicitário.

As prisões foram realizadas de forma tranquila e os quatro chegaram à delegacia sem algemas e portando malas pequenas com seus pertences. Dentro de instantes, serão encaminhados ao IML (Instituto Médico-Legal) para exame de corpo delito e, em seguida, levados ao Aeroporto da Pampula, de onde seguem para a Bahia, de onde foram expedidos os mandados de prisão. As informações são da Rede Record.

Jornal Midiamax