Polícia

PM é preso suspeito de estuprar as duas filhas e uma sobrinha

Um policial militar de 47 anos, que já trabalhou no Cefap (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças), foi preso no sábado (27) suspeito de abusar de suas duas filhas de 12 e 13 anos e uma sobrinha de 13 anos. O caso foi denunciado no Cepol (Centro Especializado de Operações Policiais), pela mãe da sobrinha, que […]

Arquivo Publicado em 29/03/2010, às 13h43

None

Um policial militar de 47 anos, que já trabalhou no Cefap (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças), foi preso no sábado (27) suspeito de abusar de suas duas filhas de 12 e 13 anos e uma sobrinha de 13 anos. O caso foi denunciado no Cepol (Centro Especializado de Operações Policiais), pela mãe da sobrinha, que também é policial militar.


Porém, o autor teria confessado o crime, mas não foi preso na hora por não haver flagrante, segundo a Polícia Civil. A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) deverá apurar o caso.


Segundo informações da polícia, uma das meninas contou para a mãe que o pai a molestava. Depois disso, a outra filha do policial militar afirmou também que era abusada e que isso ocorria há seis anos.


Ao registrar o Boletim de Ocorrência, a tia das duas crianças também soube que a sua filha de 13 anos também foi vítima dos abusos do policial. A mulher chegou a passar mal enquanto estava dando as informações para a confecção do boletim de ocorrência.


Exames periciais (conjunção carnal e Ato Libidinoso diverso da conjunção carnal) serão realizados nas crianças para confirmar os abusos.


O policial militar foi preso na noite de sábado e levado para o presídio militar.

Jornal Midiamax