Polícia

Paranhos: homem é preso por injúria racial contra indígena

Em Paranhos, às 09h de hoje (26), a Polícia Civil prendeu em flagrante P. R. S., de 51 anos, por agressão Preconceituosa ou Racial. O líder da aldeia indígena “Sete Cerros”, Sr. P.V., 36 anos, procurou a Polícia Civil informando que, por várias vezes, o Sr. Paulo lhe havia lhe ofendido, proferindo-lhe palavras discriminatórias referente […]

Arquivo Publicado em 26/10/2010, às 23h19

None

Em Paranhos, às 09h de hoje (26), a Polícia Civil prendeu em flagrante P. R. S., de 51 anos, por agressão Preconceituosa ou Racial.


O líder da aldeia indígena “Sete Cerros”, Sr. P.V., 36 anos, procurou a Polícia Civil informando que, por várias vezes, o Sr. Paulo lhe havia lhe ofendido, proferindo-lhe palavras discriminatórias referente à sua etnia indígena.


Nesta manhã, por volta das 9h, Paulo lhe encontrou na rua e lhe disse: “Ô seu bugre, vai pegar macaco no mato”.


Ele foi autuado, em flagrante, por injúria preconceituosa ou racial, cuja pena pode chegar a três anos de reclusão.


Por se tratar de crime inafiançável, durante a fase policial P. R. S. foi encaminhado a uma das celas provisórias da Delegacia de Polícia de Sete Quedas, onde permanece à disposição da Justiça.

Jornal Midiamax