Polícia

Ex-prefeito de Costa Rica será ouvido pela polícia em inquérito que apura suposto “gato” de energia

O ex-prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, (PMDB) foi intimado pela polícia para ser ouvido na delegacia hoje (17) às 16 horas no inquérito que apura um suposto furto de energia (prática conhecida como gato). O Boletim de Ocorrência foi registrado no dia 10 de agosto de 2009 pelo funcionário da empresa Enersul […]

Arquivo Publicado em 17/09/2010, às 11h56

None

O ex-prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, (PMDB) foi intimado pela polícia para ser ouvido na delegacia hoje (17) às 16 horas no inquérito que apura um suposto furto de energia (prática conhecida como gato). O Boletim de Ocorrência foi registrado no dia 10 de agosto de 2009 pelo funcionário da empresa Enersul (Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul), Lucio Teodoro da Silva, 25 anos.


A reportagem apurou que o medidor de energia apreendido foi encaminhado para ser periciado na cidade de Paranaíba/ MS. A perícia vai identificar se houve irregularidade ou subtração de energia no aparelho.


O funcionário da Enersul realizava vistorias em diversos medidores de energia em pontos comerciais de Costa Rica para aferir o consumo. Teodoro relatou no B.O: “ao verificar o medidor de energia e o transformador de corrente no prédio do ex-prefeito, constatei que havia fraude em uma das fases, os lacres de proteção e segurança da caixa do medidor foram violados, caracterizando o furto de energia, pois a fase B estava com corrente zero no medidor, sendo que a mesma estava conduzindo energia”.


Teodoro relatou a polícia no mento do registro da ocorrência que havia notificado o ex-prefeito da suposta fraude constatada no imóvel localizado na Avenida José Ferreira da Costa nº. 485, segundo o B.O, de propriedade do ex-prefeito Waldeli, responsável pelo imóvel. A época dos fatos, o ex-prefeito foi ouvido reportagem e negou ter conhecimento da suposta fraude. Ele firmou que não tinha violado o medidor para diminuir o consumo de energia.

Jornal Midiamax