Polícia

Bolivianos são presos com US$ 400 mil no aeroporto da Capital

A Polícia Federal prendeu no Aeroporto Internacional de Campo Grande quatro pessoas que tentavam embarcar com cerca de US$ 400 mil dólares com destino a Bolívia na noite de ontem, por volta das 22 horas. Na ocasião foram presos os bolivianos: Max Junior Cuellar Wunder, de 23 anos, estudante, residente em Santa Cruz de la […]

Arquivo Publicado em 29/03/2010, às 14h14

None

A Polícia Federal prendeu no Aeroporto Internacional de Campo Grande quatro pessoas que tentavam embarcar com cerca de US$ 400 mil dólares com destino a Bolívia na noite de ontem, por volta das 22 horas.


Na ocasião foram presos os bolivianos: Max Junior Cuellar Wunder, de 23 anos, estudante, residente em Santa Cruz de la Sierra, que estava com 110 mil e 500 dólares distribuídos pelo corpo; Paulo Antônio Daza Cuellar, de 21 anos, também estudante, residente em Trindade, estava com 110 mil e 500 dólares; Luiz Xavier Timeo Melgar, de 31 anos, residente em Santa Cruz, estava com 68 mil e 640 dólares, e Einar Daza Taboa, de 36 anos, estudante, que estava tentando embarcar com 110 mil e 151 dólares.


De acordo com a Polícia Federal, Max, Paulo e Luiz foram presos no interior do Aeroporto Internacional de Campo Grande, já Einar Taboga estava no interior, quando foi abordado pela polícia e preso.


Ao serem questionados, os bolivianos disseram que cada um receberia 700 dólares para transportarem o dinheiro de Campo Grande para a Bolívia.


A PF informou que as informações dadas pelos bolivianos não são suficientes para identificar o contratante e destinatário do dinheiro. Porém, a polícia trabalha com a hipótese que de que o dinheiro seja proveniente do tráfico de cocaína.


Os presos foram autuados por formação de quadrilha, que prevê pena de até 3 anos de prisão e por irem contra a Lei 7492/86 – Lei dos Crimes Contra o Sistema Financeiro Nacional, cuja pena prevista vai de 2 a 6 anos de reclusão.

Jornal Midiamax