Polícia

Acusado de receptação é preso pedindo carona em Amambai

Policiais militares lotados na 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede em Amambai, em parceria com o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) realizaram a prisão, no início da tarde dessa quarta-feira (27) em Amambai, de um rapaz de 25 anos, segundo ele, morador do Distrito Federal, pelo crime de receptação. Nilson Rodrigues Viana, […]

Arquivo Publicado em 27/10/2010, às 22h38

None

Policiais militares lotados na 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede em Amambai, em parceria com o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) realizaram a prisão, no início da tarde dessa quarta-feira (27) em Amambai, de um rapaz de 25 anos, segundo ele, morador do Distrito Federal, pelo crime de receptação.


Nilson Rodrigues Viana, que no início da madrugada teria conseguido escapar de uma equipe do DOF quando transitava com um veículo furtado próximo do local onde acabou preso, pedia carona no prolongamento da Avenida Nicolau Otano, na saída para Caarapó, em Amambai, quando, após denúncia anônima, foi abordado por policiais militares.


O rapaz, que segundo a polícia, já havia cumprido pena de 8 meses de prisão em Brasília pelo crime de furto, teria sido abordado inicialmente, por uma equipe do Departamento de Operações de Fronteira por volta da 1h da madrugada dessa quarta-feira quando transitava pela mesma Avenida Nicolau Otano, conduzindo um Saveiro, cor branca, placas JGA-3746 de Brasília-DF, que havia sido roubado na quinta-feira passada, dia 21, na Capital Federal, mas durante a abordagem policial teria conseguido escapar, fugindo a pé.


Ao ser preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai, Nilson Rodrigues teria confirmado que de fato estaria de posse do Saveiro roubado, mas que não teve participação no roubo e somente estava trazendo o veículo para a região de fronteira com o Paraguai.


Diante da situação, o acusado foi autuado em flagrante pelo crime de receptação e encaminhado para o EPAM (Estabelecimento Penal de Amambai), onde permanecerá preso à disposição da Justiça.

Jornal Midiamax