O Catar disse nesta terça-feira (4) que entregou uma proposta israelense ao Hamas que refletia as posições declaradas pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, acrescentando que o documento estava agora muito mais próximo das posições de ambos os lados.

O Catar, que vem mediando a situação em Gaza entre Israel e o Hamas, também enfatizou que deve haver uma posição clara de ambas as partes para chegar a um acordo de cessar-fogo, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em uma coletiva de imprensa.

“Estamos esperando por uma posição israelense clara que represente todo o governo em resposta à proposta dos EUA para Gaza”, acrescentou Majed Al-Ansari.

Na sexta-feira (31), Biden apresentou uma proposta de cessar-fogo em três fases de Israel ao grupo islâmico palestino Hamas para acabar com a guerra em Gaza, que matou dezenas de milhares de pessoas e causou uma crise humanitária.

A oferta demanda um cessar-fogo, a libertação de reféns israelenses e de prisioneiros palestinos e a reconstrução de Gaza.

“O acordo de cessar-fogo deve acabar imediatamente com o longo sofrimento de todas as pessoas em Gaza, dos reféns e de suas famílias e fornecer um roteiro para um cessar-fogo permanente e o fim da crise”, afirmou al-Ansari.

O Catar disse que ainda estava esperando chegar a uma linguagem que fosse acordada por ambas as partes.

“Estamos agora aplicando nossos melhores esforços para finalizar um acordo”, acrescentou al-Ansari.