Suécia deve ajudar a reforçar a segurança turca, afirma Erdogan

Em seu discurso, Erdogan não fez referência à Finlândia em meio a relatos de que a maioria das queixas da Turquia são direcionadas à Suécia
| 23/05/2022
- 09:32
Suécia deve ajudar a reforçar a segurança turca, afirma Erdogan
Turquia: presidente Erdogan - Divulgação

O presidente da , Recep Tayyip Erdogan, cujo se opôs à adesão da Suécia e da Finlândia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), pediu a Estocolmo nesta segunda-feira (23) que tome "medidas concretas" que aliviariam as preocupações de segurança da Turquia.

O governo turco disse que se opõe à adesão dos dois Estados nórdicos à aliança, citando seu suposto apoio ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão, ou PKK, e outros grupos que a Turquia vê como terroristas."As expectativas legítimas da Turquia em relação ao (fim do) apoio ao terrorismo e sanções devem ser atendidas", disse Erdogan nesta segunda durante cerimônia que marcou a atracação de um submarino.

Em seu discurso, Erdogan não fez referência à Finlândia em meio a relatos de que a maioria das queixas da Turquia são direcionadas à Suécia, que tem uma grande comunidade de exilados curdos. Fonte: Associated Press.

Veja também

Esta é a primeira vez que é aplicada a pena máxima desde que se proibiu totalmente o aborto no país

Últimas notícias