Após ser questionada por um juiz, a polícia indiana acusou ratos pelo sumiço de meia tonelada de drogas. Os ratos teriam sumido com R$ 581 kg de maconha, que valem aproximadamente R$ 400 mil.

Segundo o jornal Local The Times of India, quem culpou os ratos foi uma autoridade policial de Mathura, no estado de Uttar Pradesh. A maconha apreendida estava em duas embalagens.

Assim, uma continha 386 kg e outra tinha 195 kg. O relatório enviado ao juiz informou que “não há lugar na delegacia onde os bens armazenados possam ser salvos dos ratos”.

Segundo a autoridade, a maconha ‘não consumida’ pelos ratos foi destruída pelos oficiais. Além disso, destacou que “por serem pequenos, os ratos não têm medo da polícia”.

Conforme o Metrópoles, o juiz solicitou que a infestação fosse tratada pelos policiais. E que fornecessem evidências de que os ratos haviam de fato comido meia tonelada de maconha.