Canadá impõe sanção contra 203 indivíduos por cumplicidade com guerra da Rússia

O Canadá pede ainda a retirada imediata das forças russas do território ucraniano e diz que "não parará de colocar pressão sobre o regime" de Moscou
| 27/04/2022
- 15:45
Canadá impõe sanção contra 203 indivíduos por cumplicidade com guerra da Rússia

O governo do Canadá anunciou nesta quarta-feira, 27, a imposição de sanções contra 203 indivíduos, apontados como cúmplices na "injustificável e ilegal invasão da Ucrânia" pela Rússia. As medidas têm como alvos 11 graduadas autoridades e 192 outros membros dos Conselhos do Povo "das chamadas Repúblicas de Luhansk e Donetsk", que são "cúmplices com as violações em andamento do regime russo da soberania da Ucrânia".

Na avaliação do Canadá, a tentativa do regime do presidente russo, Vladimir Putin, de anexar certas áreas de Donbass é "uma violação da lei internacional". O Canadá pede ainda a retirada imediata das forças russas do território ucraniano e diz que "não parará de colocar pressão sobre o regime" de Moscou

Veja também

Esta é a primeira vez que é aplicada a pena máxima desde que se proibiu totalmente o aborto no país

Últimas notícias