Assembleia Geral da ONU fará reunião emergencial para discutir crise na Ucrânia

Dos 15 países membros do órgão, 11 votaram a favor do encontro, três se abstiveram e apenas a Rússia foi contra
| 28/02/2022
- 12:53
Bombardeio a Kiev
Bombardeio a Kiev, capital da Ucrânia - Foto: Deutsche Messe

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) marcou uma reunião emergencial para esta segunda-feira, com início às 12 horas (de Brasília), para tratar da crise entre Rússia e .

Estados Unidos e Albânia requisitaram a realização do encontro ontem ao Conselho de Segurança da ONU.

Dos 15 países membros do órgão, 11 votaram a favor do encontro, três se abstiveram e apenas a Rússia foi contra. O voto russo não teve poder de veto - como teria de costume, uma vez que o país é membro fixo do Conselho - pois se tratava de uma deliberação procedural.

Veja também

Biden abriu sua participação na cúpula anunciando que os EUA estão estabelecendo uma sede permanente na Polônia

Últimas notícias