Mundo

Polônia diz que Belarus leva imigrantes de volta à fronteira

Autoridades desmontaram na quinta-feira os principais campos

Agência Brasil Publicado em 19/11/2021, às 11h37

None
Belarusian Telegraph Agency (BelTA)

A Polônia acusou Belarus nesta sexta-feira (19) de levar centenas de imigrantes de caminhão de volta à fronteira e de incentivá-los a tentar cruzá-la ilegalmente poucas horas depois de esvaziar campos na divisa.


A acusação polonesa leva a crer que uma mudança de atitude aparente de Belarus nesta semana não resolveu a crise na fronteira.


Governos europeus acusam Belarus de transportar milhares de imigrantes do Oriente Médio de avião e os induzir a tentar cruzar a fronteira ilegalmente. Acredita-se que cerca de 10 imigrantes já morreram por causa do frio. Belarus nega fomentar a crise deliberadamente.


As autoridades bielorrussas desmontaram na quinta-feira (18) os principais campos, onde milhares de pessoas se reuniam junto à fronteira polonesa. Centenas de iraquianos também foram enviados de volta para casa no primeiro voo de repatriação de Minsk em meses.


Mas a porta-voz da Guarda de Fronteira polonesa, Anna Michalska, disse que até a noite de quinta-feira as autoridades de Belarus já estavam levando centenas de imigrantes de caminhão de volta e forçando-os a tentar a travessia no escuro.


"[Os bielorrussos] Estavam trazendo mais imigrantes ao local onde houve uma tentativa forçada de cruzar. No começo, havia 100 pessoas, mas depois o lado bielorrusso trouxe mais pessoas em caminhões. Aí havia 500 pessoas".


Menos pessoas estão atravessando a fronteira, mas alguns grupos grandes às vezes são muito agressivos, disse ela em uma coletiva de imprensa.

Jornal Midiamax