Mundo

FBI realiza operação “gigantesca” em 100 países e prende mais de 800 pessoas

Foram 18 meses de investigações e mais de 300 celulares criptografados

Gabriel Neves Publicado em 08/06/2021, às 11h38

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Reprodução/Wikimedia Commons)

Mais de 800 pessoas foram presas nesta terça-feira (8) em uma operação mundial “gigantesca” contra o crime organizado realizada pelo FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos). A operação recebeu foi chamada de "Escudo de Troia".

De acordo com a corporação, as forças de segurança conseguiram infiltrar telefones criptografados que foram utilizados pelos criminosos, eles não sabiam que estavam sendo monitorados.

"Nos últimos 18 meses, o FBI proporcionou às organizações criminosas mais de 300 dispositivos criptografados em 100 países que nos permitiram vigiar suas comunicações", afirmou diretor adjunto do FBI, Calvin Shivers, ao destacar que a operação salvou "mais de 100 vidas" ameaçadas.

"Mais de 800 detenções, mais de 700 lugares com operações de busca e mais de oito toneladas de cocaína confiscadas", completou em uma entrevista coletiva um dos comandantes da agência de cooperação policial europeia que tem sede em Haia.

*Com informações de agências internacionais.

Jornal Midiamax