Mundo

Família quebra porta de hospital e empurra maca de morto por covid pelas ruas

Parentes não aceitaram submeter ente querido aos protocolos que a doença exige

Gabriel Maymone Publicado em 10/04/2021, às 16h19

Cena inusitada chamou atenção de moradores
Cena inusitada chamou atenção de moradores - Reprodução

Situação inusitada chamou atenção de moradores da cidade de Fundación, no departamento de Magdalena, na Colômbia. Uma família empurrando o corpo de um homem que havia morrido com suspeita de covid pelas ruas.

Conforme a imprensa local, os familiares do homem não se conformaram em permitir que o corpo do ente querido passasse por todos os protocolos que a doença exige e decidiram invadir o hospital para levá-lo ao necrotério a pé.

Secretário de saúde do distrito, Julio Salas, confirmou a morte de um homem de 58 anos, identificado como Ramón Quintero, que sofria de um quadro grave de pneumonia.

Por se tratar de paciente com suspeita de coronavírus , os médicos informaram aos familiares que deveriam fazer um exame e, se fosse positivo, era necessário aplicar um processo com medidas especiais que envolviam embalagem, cremação e outros protocolos de biossegurança.

“Os filhos do falecido recusaram e decidiram retirar o corpo à força, quebrando vidros e portas do hospital”, disse Julio Salas. Nem mesmo a polícia conseguiu evitar que os familiares retirassem o corpo sem vida , embrulhando-o em um lençol e transferindo-o para uma maca para enterrá-lo.

Veja o vídeo:

Jornal Midiamax