Mundo

Biden: Esperamos não estender esforços em Cabul depois de 31 de agosto

Agência Estado Publicado em 22/08/2021, às 17h27

None

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que espera não estender os esforços em Cabul para depois do dia 31 de agosto. Ele afirmou que o governo está ciente dos riscos relativos a possíveis intentos do grupo terrorista Estado Islâmico.

"Sabemos que terroristas podem tentar se aproveitar da situação, mantemos constante vigilância", disse. A respeito de possíveis sanções ao Taleban - grupo que tomou o poder no Afeganistão -, o presidente afirmou que isso "depende da conduta deles".

Em relação à tempestade tropical Henri, que chegou à costa do Estados Unidos, Biden afirmou que o fenômeno está perdendo força e que o país está pronto para agir rapidamente para ajudar as localidades afetadas pelo fenômeno.

Jornal Midiamax