Mundo

Vídeo que mostra Chinês sendo preso pela SWAT por ter coronavírus é fake

Um vídeo que circula nas redes sociais, principalmente no WhatsApp e que retrata a suposta prisão de um chinês por homens da SWAT após tentar furar uma blitz de detecção de coronavírus não é real, ao contrário do que tem sido disseminado. Na realidade, as imagens referem-se a uma simulação na China, que foi reproduzida […]

Da Redação Publicado em 27/02/2020, às 12h36 - Atualizado às 13h23

A live é ao meio dia, nas terças e quintas, no Facebook do Jornal Midiamax. (Foto: Reprodução/WhatsApp)
A live é ao meio dia, nas terças e quintas, no Facebook do Jornal Midiamax. (Foto: Reprodução/WhatsApp) - A live é ao meio dia, nas terças e quintas, no Facebook do Jornal Midiamax. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um vídeo que circula nas redes sociais, principalmente no WhatsApp e que retrata a suposta prisão de um chinês por homens da SWAT após tentar furar uma blitz de detecção de coronavírus não é real, ao contrário do que tem sido disseminado.

Na realidade, as imagens referem-se a uma simulação na China, que foi reproduzida na imprensa do mundo todo. As imagens mostram um equipe especializada na província de Henan, na China, simulando a detenção de um motorista que tenta furar a blitz e chegou a ser publicado no perfil oficial do Gabinete de Gestão do Tráfego do Ministério da Segurança Pública da China.

Na fake news, as legendas trazem que o vídeo representa uma situação comum na China, o que não é verdade. Confira o vídeo abaixo:

Jornal Midiamax