Mundo

“Totalmente falsas” diz Trump sobre declarações do relatório de Mueller

O presidente americano, Donald Trump, usou o Twitter para criticar novamente o relatório do conselheiro especial que investigou por dois anos uma suposta interferência russa nas eleições americanas de 2016, Robert Mueller. Segundo o republicano, as declarações sobre ele mesmo no documento são “fabricadas e totalmente falsas”. “Cuidado com as pessoas que tomam as chamadas […]

Jéssica Fernandes Publicado em 19/04/2019, às 09h26 - Atualizado às 09h27

Foto/ Reprodução
Foto/ Reprodução - Foto/ Reprodução

O presidente americano, Donald Trump, usou o Twitter para criticar novamente o relatório do conselheiro especial que investigou por dois anos uma suposta interferência russa nas eleições americanas de 2016, Robert Mueller. Segundo o republicano, as declarações sobre ele mesmo no documento são “fabricadas e totalmente falsas”.

“Cuidado com as pessoas que tomam as chamadas ‘notas’, quando as notas nunca existiram até serem necessárias”, escreveu Trump na rede social. “Porque eu nunca concordei em testemunhar, não foi necessário que eu respondesse às declarações feitas no ‘relatório’ sobre mim, algumas das quais são total besteira e só dadas para fazer a outra pessoa parecer boa (ou eu ficar mal)”, acrescentou.

Ontem, 18, o Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) americano divulgou a íntegra do relatório de Mueller. O documento mostrou que a Rússia interferiu na eleição presidencial, mas repetidas comunicações com a campanha de Trump não resultaram em uma conspiração criminosa, segundo o órgão.

Com informações do Estadão Conteúdo
Jornal Midiamax