Morre escritor e jornalista Tom Wolfe, autor de “A fogueira das vaidades”

Faleceu aos 88 anos
| 15/05/2018
- 16:47
Morre escritor e jornalista Tom Wolfe, autor de “A fogueira das vaidades”

O escritor e jornalista americano Tom Wolfe, conhecido como fundador do “new journalism” e autor do romance “A fogueira das vaidades”, morreu em Nova York, nesta segunda-feira (14), aos 88 anos.

A morte foi confirmada por seu agente, Lynn Nesbit, que disse que Wolfe havia sido hospitalizado com uma infecção. Ele morou em Nova York desde que ingressou no New York Herald Tribune como repórter em 1962 – informou o The New York Times.

Além da ficção Fogueira das Vaidades, romance que foi transformado em filme pelo cineasta Brian De Palma, o autor escreveu dezenas de livros de ficção e não-ficção.

Wolfe, a partir dos anos 60, ajudou a criar o híbrido conhecido como o New Journalism (Novo ou jornalismo literário), vertente que utiliza uma variedade de técnicas literárias, misturando-as com as tradicionais ideias de imparcialidade jornalística.

Ficção

Back to Blood – 2012

I Am Charlotte Simmons – 2004

A Man in Full (Um Homem por Inteiro)- 1998

“The Bonfire of the Vanities” (A Fogueira das Vaidades) – 1987

Não-ficção

Hooking Up (2000)

The Purple Decades (1982)

Da Bauhaus ao Nosso Caos (1981)

In Our Time (1980)

The Right Stuff (Os eleitos – Onde o futuro começa) (1979)

Mauve Gloves & Madmen, Clutter & Vine (1976)

The Painted Word (1975)

The New Journalism (1975) (em co-autoria com EW Johnson)

Radical Chic & Mau-Mauing the Flak Catchers (Radical chique) – 1970

The Pump House Gang (1968)

The Electric Kool-Aid Acid Test (1968)

The Kandy-Kolored Tangerine-Flake Streamline Baby (1965)

Veja também

Romancista estava jurado de morte pela Revolução Islâmica do Irã

Últimas notícias