Mundo

‘Militantes veganos’ atacam açougues na França

Açougues na França sofrem ataques de “militantes veganos” nos últimos meses. O protesto por parte desse grupo envolve pedras, pichações e invasões aos abatedouros. O método gerou polêmica no país. De acordo com reportagem do G1, associações de proteção animal discordam sobre a efetividade do protesto. O principal objetivo é chamar atenção sobre o excesso […]

João Victor Reis Publicado em 11/10/2018, às 16h11 - Atualizado às 16h14

None

Açougues na França sofrem ataques de “militantes veganos” nos últimos meses. O protesto por parte desse grupo envolve pedras, pichações e invasões aos abatedouros. O método gerou polêmica no país.

De acordo com reportagem do G1, associações de proteção animal discordam sobre a efetividade do protesto. O principal objetivo é chamar atenção sobre o excesso do consumo de carne e os maus tratos aos animais nesse processo. Apesar da polêmica, o grupo de militantes acredita que ações ativistas tradicionais não traz resultados efetivos.

“Quando manifestamos na rua com um cartaz, nos adequamos ao desejo do governo. Pedimos reformas legislativas que não chegam nunca. Vemos claramente na França: as reformas sobre o bem estar animal nunca nem chegaram ao Parlamento. A ação direta devolve o poder político aos cidadãos, porque, no lugar de pedir mudanças ao Estado, agimos por conta própria”, afirmou uma das militantes.

Algumas ações praticadas pelo grupo são consideradas ilegais no país. Segundo a reportagem, três milhões de animais terrestres são mortos por dia em abatedouros na França.

Jornal Midiamax