Mundo

Meninos e técnico recebem alta de hospital na Tailândia e dão sua primeira entrevista coletiva

O grupo dá sua primeira entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira

Tábata Rauschkolb Publicado em 18/07/2018, às 08h55 - Atualizado às 08h56

None

Após oito dias internados, os 12 meninos e o técnico de futebol que foram resgatados de uma caverna na Tailândia receberam alta nesta quarta-feira (18) do hospital. As crianças e o técnico deixaram o local vestindo o uniforme de sua equipe de futebol, os javalis selvagens.

Entrevista Coletiva

A primeira entrevista coletiva do grupo aconteceu na manhã desta quarta-feira. A entrevista durou pouco mais de 30 minutos, os meninos e o treinador vestiam o uniforme dos javalis selvagens, sua equipe de futebol.

A entrevista começou com uma homenagem à Saman Kuman, mergulhador que morreu antes do resgate na caverna, os meninos carregaram um desenho de Kuman e se emocionaram ao falar do homem que perdeu a vida tentando salvá-los.

O treinador e os meninos contam que aprenderam muito com a experiência e falaram sobre as dificuldades de permanecer na caverna. Um deles afirma que a tragédia o fez mais forte e paciente.

Quando questionados sobre seu sonhos e desejos daqui em diante, um deles afirma que quer ser mergulhador, outro fala que sonha em ser jogador de futebol, um deles fala, inclusive, que sonha em voltar à caverna um dia.

Ao fim da coletiva, os garotos mandaram recados para seus pais e pediram perdão por terem ido à caverna e por saírem sem avisar, os deixando preocupados.

O caso

As 12 crianças, que tem entre 11 e 16 anos, e o técnico de futebol, de 25 anos, desapareceram no dia 23 de junho, após um treino. Eles entraram na caverna Tham Luang para se abrigar do tempo ruim e acabaram presos.

Eles foram encontrados na noite do dia 02 de julho,  o grupo ficou isolado pela água em um complexo de cavernas inundadas na Tailândia. As cavernas estão localizadas na província de Chiang Rai, região norte da Tailândia, o local fica inundado durante o período de chuvas, que vai de setembro a outubro.

A Marinha tailandesa terminou as operações de resgate no dia 10 de julho, última terça-feira.Todos os meninos retirados foram enviados para o hospital local, de Chiang Rai.

Jornal Midiamax