Governo cubano confirma morte de 110 pessoas em queda de avião

Das 113 pessoas a bordo, três mulheres cubanas sobreviveram, mas estão internadas em Havana em estado crítico.
| 19/05/2018
- 23:46
Governo cubano confirma morte de 110 pessoas em queda de avião

O governo Cubano confirmou neste sábado (19) que 110 pessoas morreram em acidente aéreo que culminou na queda de um avião Boeing 737 logo após decolar de Havana com destino a Holguin, na sexta-feira (18).

A aeronave, alugada pela empresa Cubana de Aviación e que pertence á companhia aérea mexicana Global Air, transportava 102 cubanos e 11 estrangeiros, dentre os quais estavam mexicanos, argentino e saarianos. Eram 58 mulheres e 55 homens.

As três sobreviventes são mulheres cubanas que estão em estado grave em um hospital da capital Havana, sendo atendidas por médicos especialistas.

Já foram identificados os corpos de 15 vítimas, conforme o governo cubano. O processo, no entanto, poderá se estender por algumas semanas, já que os restos mortais ficaram muito espalhados, o que impede os legistas de se guiarem pelos números dos assentos. Amostras de DNA deverão ser utilizadas.

Veja também

Entre fabricantes, a Honda afirmou que suas vendas na China subiram 24%

Últimas notícias