Mundo

Filme do Ursinho Pooh é barrado no cinema chinês

A China barrou dos cinemas locais o lançamento do novo filme do Ursinho Pooh, “Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível”, com lançamento previsto no Brasil para 16 de agosto. As autoridades chinesas ainda não divulgaram o motivo oficial para a proibição, contudo, as comparações entre a aparência do Ursinho com a do presidente Xi Jinping têm sido constantes […]

Egina Becker Publicado em 03/08/2018, às 16h52 - Atualizado às 16h55

None

A China barrou dos cinemas locais o lançamento do novo filme do Ursinho Pooh, “Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível”, com lançamento previsto no Brasil para 16 de agosto.

As autoridades chinesas ainda não divulgaram o motivo oficial para a proibição, contudo, as comparações entre a aparência do Ursinho com a do presidente Xi Jinping têm sido constantes por parte da oposição.

Desde o ano passado imagens do personagem vêm sendo censuradas no país, aparentemente pelo mesmo motivo. O programa Last Week Tonight, da HBO, foi bloqueado após o apresentador John Oliver utilizar um dos quadro para fazer piadas sobre a semelhança do presidente com o personagem da Disney.

Outros filmes banidos

A China tem histórico de proibições em suas telonas. O filme chinês Beijing Bicycle, vencedor do ‘Grande Prêmio do Júri’ no Festival Internacional de Cinema de Berlim foi banido do país por ter se inscrito no festival sem prévio consentimento da estatal de TV local.

Além dele, o filme também chinês Devils on the Doorstep, foi banido por conter “a imagem de uma certa facção política”.

A trilogia “De Volta para o Futuro” foi proibida porque, na época, a comissão de censura nacional proibiu qualquer transmissão envolvendo viagens no tempo.

“O Código DaVinci”, proibido por “violar sentimentos cristãos”.

“Piratas do Caribe – O Baú da Morte”, proibido por conter cenas de seres sobrenaturais e canibalismo.

Jornal Midiamax