Mundo

Caçadores ilegais são devorados por leões na África do Sul

O grupo caçava ilegalmente rinocerontes no local

Tábata Rauschkolb Publicado em 06/07/2018, às 09h54

None

Um grupo de caçadores ilegais foram devorados por leões na Reserva Sibuya, na África do Sul.

Segundo comunicado à imprensa divulgado pela Reserva Sibuya nesta quinta-feira (05), pelo menos três caçadores ilegais invadiram o local na intenção de matar rinocerontes e remover seus chifres. Os funcionários da reserva encontraram restos humanos próximo a área dos leões, além de uma espécie de acampamento com armas, silenciadores, machados, cortadores de arame e suprimentos para vários dias.

As informações até o momento são de que os caçadores foram atacados por um grupo de leões, e que pelo menos dois deles foram devorados. Segundo o proprietário do local, Nick Fox, as investigações terão prosseguimento após as equipes da reserva sedarem os animais, assim a perícia poderá coletar material para análise.

Jornal Midiamax