Mundo

Rei da Espanha diz que líderes catalães violaram leis

Pronunciamento foi transmitido pela TV

Aliny Mary Dias Publicado em 03/10/2017, às 20h29

None

Pronunciamento foi transmitido pela TV

Dois dias após o referendo independentista na Catalunha, o Rei Filipe VI criticou a conduta dos líderes catalães, dizendo que eles violaram as leis do Estado espanhol e demonstraram uma “deslealdade inadmissível”.

“Com as suas decisões, violaram de forma sistemática as normas aprovadas legal e legitimamente, demonstrando uma deslealdade inadmissível em relação aos poderes do Estado”, disse Filipe VI, em pronunciamento transmitido pela televisão.

“Diante desta situação de extrema gravidade, é responsabilidade dos legítimos poderes do Estado assegurar a ordem constitucional e o normal funcionamento das instituições”, afirmou.

Enquanto isso, a rede britânica BBC informou que, em entrevista, o presidente da Generalidade da Catalunha, Carles Puigdemont, disse que sua região pode declarar independência em questão de dias. Ele afirmou que seu governo irá “agir no final desta semana ou no início do próxima”.

Quando perguntado o que faria se o governo espanhol interviesse e assumisse o controle do governo catalão, Puigdemont disse que seria “um erro que muda tudo”.

Greve

Na Catalunha, uma greve foi convocada para esta terça-feira por grupos pró-independência em protesto contra a repressão e afetou os setores de transporte público e serviços básicos na região.

Cerca de 700 mil pessoas protestaram em Barcelona, capital da região autônoma. Os manifestantes se mobilizam em diferentes protestos organizados por toda a cidade, com gritos de “fora as forças de ocupação” em referência aos agentes da Guarda Civil e a Polícia Nacional destacados pelo governo central para impedir o referendo.

Jornal Midiamax