Suspeito de 18 foi detido em Dover

A polícia britânica prendeu, neste sábado (16) no condado de Kent, sudeste da Inglaterra, zona portuária da cidade de Dover, um homem de 18 anos ligado ao ataque terrorista com uma bomba caseira, reivindicado pelo Estado Islâmico, ao metrô de Londres, nesta sexta-feira (15) que deixou, pelo menos, 30 feridos.

Por meio de um comunicado oficial, a polícia anunciou a prisão: “Fizemos uma detenção importante, nesta manhã, durante a nossa investigação”, afirma Neil Basu, da unidade antiterroristas da polícia. “Ainda que estejamos satisfeitos com os avanços conseguidos, a investigação continua, e o nível de ameaça segue em estado crítico”, continuou Basu. 

O suspeito será levado para uma delegacia de Londres para ser interrogado.

Quinto atentado este ano 

O Reino Unido sofreu cinco atentados desde 22 de março, quatro com marcas islamitas e um de extrema direita.

Em março, um homem lançou o seu carro contra os pedestres que passeavam perto do Parlamento, antes de matar um policial que fazia a segurança do edifício, deixando um total de cinco mortos, além do agressor.

Polícia britânica prende suspeito de ataque a bomba em metrô de Londres

Um mês depois, três agressores atropelaram os pedestres na London Bridge antes de esfaquear clientes de bares e restaurantes de Borough Market, matando oito pessoas. Os três agressores também morreram.

Por fim, também em junho, um homem atropelou um grupo de muçulmanos que saía de uma mesquita do norte de Londres, matando uma pessoa e ferindo várias antes de ser detido.