Mundo

Navio militar dos EUA se choca no mar da Ásia e deixa 10 desaparecidos

Destróier norte-americano se chocou com navio mercante ao leste de Cingapura

Joaquim Padilha Publicado em 21/08/2017, às 10h32

None

Destróier norte-americano se chocou com navio mercante ao leste de Cingapura

Um navio militar norte-americano que transporte mísseis teleguiados sofreu um choque com um navio mercante a leste de Cingapura, nesta segunda-feira (21). Pelo menos dez marinheiros estão desaparecidos após o incidente.

Segundo o jornal The Washington Post, navios e helicópteros das forças dos Estados Unidos e de Cingapura estão em missão de busca e resgate nesta manhã pelos tripulantes do navio militar USS John S. McCain.

“As informações iniciais indicam que o John S. McCain sofreu danos do lado de bombordo do casco. O alcance dos danos e dos feridos entre o pessoal a bordo está sendo determinado”, informou a Marinha norte-americana em nota.

As causas do acidente estão sendo investigadas. Após a colisão, o destróier dos EUA seguiu para a base naval de Changi por meios próprios, apesar das circunstâncias.Navio militar dos EUA se choca no mar da Ásia e deixa 10 desaparecidos

Parte da sala de comunicações, das acomodações da tripulação e da maquinaria do navio militar foram alagadas após a batida. Quatro pessoas ficaram feridas e foram levadas de helicóptero a um hospital em Cingapura.

O navio mercante, Alnic MC, contra o qual o destróier americano se chocou, é um petroleiro químico de mais de 30 mil toneladas, construído em 2008, segundo informou a rede de televisão CBS. A navegação pertence ao país da Libéria.

Jornal Midiamax