Ex-presidente egípcio Hosni Mubarak ganha liberdade

Ex-presidente foi condenado à prisão perpétua em 2012
| 24/03/2017
- 18:43
Ex-presidente egípcio Hosni Mubarak ganha liberdade

Ex-presidente foi condenado à prisão perpétua em 2012

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak deixou nesta sexta-feira o hospital militar no qual passou boa parte de seus seis anos de detenção, informou seu advogado.

"Sim", deixou o hospital, confirmou Farid al-Dib à AFP.

No início do mês, a justiça egípcia autorizou a libertação de Mubarak, de 88 anos, após uma última sentença que o absolveu da morte de manifestantes durante os protestos de 2011 que o obrigaram a abandonar o poder.

Em 18 dias de revolta, quase 850 pessoas morreram em confrontos entre a polícia e os manifestantes.

O ex-presidente foi condenado à prisão perpétua em 2012, mas um tribunal de apelação ordenou um novo julgamento dois anos depois, quando as acusações foram retiradas e a principal instância de apelação do país o absolveu em 2 de março.

Em janeiro de 2016, a corte havia confirmado a sentença de três anos para Mubarak e seus dois filhos por acusações de corrupção, mas a condenação levou em consideração o tempo que já haviam passado na prisão, o que deixou Alaa e Gamal em liberdade.

Na quinta-feira, um tribunal ordenou uma nova investigação para esclarecer se o ex-presidente recebeu presentes do jornal estatal Al-Ahram.

Atualmente, vários dos principais ativistas da revolta de 2011 estão na prisão, cumprindo longas penas. Os grupos de defesa dos direitos humanos afirmam que centenas estão desaparecidos.

Veja também

Droga estava escondida em fundos falsos de garrafas térmicas

Últimas notícias