Mundo

23 pessoas morrem depois de descarrilamento de trem

40 ficaram feridos

Thatiana Melo Publicado em 19/08/2017, às 19h01

None

40 ficaram feridos

Um descarrilamento de trem neste sábado (19), no norte da Índia deixou 23 mortos e 40 pessoas feridas. Seis vagões de um trem saíram da via, e o resgate tentava tirar pessoas presas nas ferragens.

Várias ambulâncias foram enviadas para fazer o resgate das pessoas. A rede ferroviária indiana, com 65 mil quilômetros de percurso, é a quarta mais longa do mundo, atrás apenas de Estados Unidos, Rússia e China, e conta com 1,3 milhão de empregados e 12,5 mil trens, que transportam diariamente cerca de 23 milhões de passageiros.

O ministro indiano de Ferrovias, Suresh Prabhu, ordenou às autoridades da cidade que se dirijam ao local do acidente, para onde já foram enviadas várias ambulâncias.

“Estão sendo feitos todos os esforços para garantir a rápida operação de socorro e resgate”, afirmou o ministro em sua conta no Twitter. Segundo ele, já foi ordenada uma investigação sobre o acidente e serão tomadas medidas “rígidas” para descobrir algum tipo de “erro”.

A Força Nacional de Resposta a Desastres (NDRF, por sua sigla em inglês) também enviou várias equipes ao local para ajudar nos trabalhos de resgate, conforme informou o departamento na mesma rede social.23 pessoas morrem depois de descarrilamento de trem

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o presidente, Ram Nath Kovind, expressaram pesar pela tragédia em suas respectivas contas no Twitter, por meio das quais manifestaram apoio às famílias das vítimas.

Em janeiro, 29 pessoas morreram e 50 ficaram feridas após o descarrilamento de um trem no estado de Andhra Pradesh. Em novembro, outro acidente ferroviário terminou com 146 mortos e cerca de 200 feridos no norte do país.

Jornal Midiamax