Mundo

Policial que matou homem negro desarmado é solta após pagar fiança

Betty Shelby estava detida desde a madrugada desta sexta

Norberto Liberator Publicado em 23/09/2016, às 12h54

None
bettyshelby.jpg

Betty Shelby estava detida desde a madrugada desta sexta

Uma oficial de polícia Betty Shelby, 42, detida por homicídio culposo nesta quinta-feira (23) após divulgação de vídeo em que aparece atirando em um negro desarmado no Oklahoma, foi solta após pagar fiança de US$ 50 mil.

De acordo com o jornal USA Today, ela havia sido presa às 1h11 desta sexta-feira (23), e ficou cerca de 20 minutos na prisão depois de a fiança ser depositada. O processo continua e ela pode pegar até quatro anos de detenção.

O The Washington Post afirma que o jurista Steve Kunzweiler, que atua no Distrito de Tulsa, registrou o processo de homicídio culposo de primeiro grau contra a oficial, cerca de uma semana depois de câmaras a filmarem atirando em Terence Crutcher, de 40 anos.

A vítima estava parada na estrada, após um problema em sua caminhonete. O vídeo mostra a oficial o escoltando até o veícul. O homem está com as mãos sobre a cabeça quando é baleado.

Após o tiro, é possível ouvir uma voz feminina gritando “o tiro deu certo!”. Segundo as autoridades, não foi encontrada nenhuma arma no carro de Crutcher.

Violentos protestos têm ocorrido desde que a policial matou o homem negro desarmado. A prefeitura de Charlotte, onde o crime aconteceu, chegou a decretar toque de recolher. Os manifestantes realizaram ato mesmo com o decreto, que depois foi revogado.

Jornal Midiamax