Mundo

Furacão ‘Earl’ deixa cerca de 40 mortos no México

Números devem aumentar; autoridades fazem buscas

Norberto Liberator Publicado em 08/08/2016, às 14h13

None
mexico_earl.jpg

Números devem aumentar; autoridades fazem buscas

A tempestade tropical ‘Earl’, que evoluiu para furacão, deixou ao menos 38 pessoas mortas nos estados de Puebla e Veracruz, no México, entre este domingo (7) e esta segunda-feira (8). O coordenador nacional de Proteção Civil do país, Luis Felipe Puente, confirmou as informações em sua conta no Twitter. Os números devem aumentar.

“Até o momento, as cifras são 10 pessoas falecidas em Veracruz e 28 em Puebla, em diferentes comunidades”, afirmou Puente. O jornal mexicano La Prensa afirma que, horas antes, o secretário de Proteção Cidadã na cidade de Huauchinango, José Ramon Herrera Zacateco, havia informado que o balanço era de 26 mortos pelas fortes chuvas registradas desde sábado (6).

Em entrevista ao periódico El Sol de Puebla, Zacateco declarou que as pessoas morreram em Huauchinango, no estado de Puebla, e que ainda havia mais duas a ser confirmadas. O local mais afetado foi a comunidade de Xaltepec.

Também há informações de que outras 10 mortes possam ter ocorrido nos municípios de Xaltepuxtla, Tlaola, Naupan e Pahuatlán. O governo estatal de Puebla emitiu um comunicado, em que confirmou as 28 mortes, das quais 15 são de menores de 18 anos e 13 são adultos.

Jornal Midiamax