Furacão Matthew deixou 69 mortos e segue em direção à Flórida

O furacão Matthew, considerado o mais intenso a atingir o Caribe na última década, já deixou 69 mortos em sua passagem por Cuba, República Dominicana e Haiti, agora segue em direção às Bahamas e à Flórida, nos Estados Unidos.

Segundo a Reuters, quatro pessoas morreram na República Dominicana e 65 no Haiti. Devido aos temporais provocados pelo furacão, o país suspendeu as eleições presidencias marcadas para o próximo domingo (9).

Os danos causados pelo furacão são tão assustadores quanto algumas das imagens de satélite fornecidas pela Agência Espacial dos EUA (NASA). Uma das fotos feita a partir do espaço, está viralizando nas redes sociais foi descrita como “aterrorizante”. A imagem lembra um crânio humano, foi registrada durante a passagem do furacão pelo Haiti.

A similaridade com um crânio humano assustou muita gente e viralizou na internet

Ela mostra a tempestade em cores vibrantes, com destaque para o “olho” cercado por densas nuvens que delineiam o que se assemelha com o formato de um crânio de perfil e dentes.

Internautas compararam o furacão Matthew com o personagem “Ghost Rider” (Motoqueiro Fantasma), da Marvel.

Matthew, contudo, não é personagem fictício e, desde que se formou no fim de setembro perto da fronteira entre a Colômbia e a Venezuela. Até agora o maior estrago foi registrado no Haiti. Ao menos 65 pessoas mortas no país e 350 mil desalojadas. Também foram registradas quatro mortes na República Dominicana.

Residentes da Flórida já se preparam para a chegada do furacão estocando suprimentos e reforçando janelas e portas das casas.

(GETTY IMAGES)

Nesta quarta, as prateleiras de um supermercado West Palm Beach estavam completamente vazias. A compra de água potável foi limitada nesse supermercado a quatro galões por pessoa.