Mundo

Dois fortes sismos ocorrem no Pacífico com minutos de intervalo

Primeiro terremoto aconteceu a 120 km de Tonga, com magnitude 6,3

Clayton Neves Publicado em 25/09/2016, às 01h24

None
image-doc-gg70q.jpg

Primeiro terremoto aconteceu a 120 km de Tonga, com magnitude 6,3

Dois fortes sismos superiores à magnitude 6 foram registrados na manhã de domingo (24, no horário local) em dois diferentes países insulares do oceano Pacífico separadas por apenas 700 km. Ainda não há relatos de danos, ou vítimas, nem alerta de tsunami.

No amanhecer de domingo (18h07 de sábado, em Brasília), um terremoto de 6,3 ocorreu cerca de 120 km ao noroeste de Tonga, de acordo com boletins do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

Pelo menos de 20 minutos depois (18h28 de sábado, no horário de Brasília), um segundo sismo, de magnitude 6,8, foi registrado a cerca de 100 km, ao nordeste das Ilhas Fiji, ainda segundo o USGS.

O Centro de Prevenção de Tsunamis do Pacífico, baseado no Havaí, descartou risco de tsunami em ambos os casos. Há menos de 24 horas, outro sismo de magnitude 6,3 foi registrado no Pacífico, frente à costa da ilha filipina de Mindanao.

O oceano Pacífico é cercado pelo Cinturão de Fogo, um dos locais mais ativos do planeta do ponto de vista sismológico e vulcânico e se estende da Nova Zelândia ao Chile, passando por Japão, Alasca e América Central.

Jornal Midiamax