Mundo

Turquia tem novos protestos contra atentado que matou 95 pessoas

Duas explosões deixaram centenas de feridos em Ancara neste sábado (10).  

Mikaele Teodoro Publicado em 11/10/2015, às 11h06

None
turquia_atentado_protesto.jpg

Duas explosões deixaram centenas de feridos em Ancara neste sábado (10).

Centenas de manifestantes voltaram a se reunir neste domingo (11) em Ancara, capital da Turquia, contra os atentados ocorridos na cidade neste sábado (10). Duas explosões simultâneas em frente à Estação Central de trens durante manifestação pela paz deixaram 95 mortos.

Segundo a Reuters, voluntários revistam as pessoas que se juntam aos protestos. Centenas se juntam áreas próximas ao atentado e muitas gritam frases contra o governo.

De acordo com a EFE, o presidente do Partido Democrata dos Povos (HDP), Selahattin Demirtas, afirmou em nota que o número de vítimas chega a 128 pessoas, com oito ainda não identificadas.

A principal sigla opositora no país, o Partido Republicano do Povo (CHP, na sigla em turco), afirma ter perdido 11 membros de sua organização juvenil nos ataques.

A contagem oficial do governo, atualizada na noite deste sábado, ainda é de 95 pessoas. 160 pessoas ainda estão internadas, 65 sob cuidados intensivos.

O ataque
O duplo atentado foi supostamente executado por dois suicidas, declarou neste sábado o primeiro-ministro islâmico conservador Ahmed Davutoglu, ao anunciar três dias de luto nacional pela tragédia.

O ataque ocorreu pouco antes do início de uma manifestação pacifista convocada pela oposição pró-curda, a três semanas de eleições legislativas antecipadas

Jornal Midiamax