Mundo

Turista morre nos EUA ao ser atacado por urso cinzento

Homem de 63 anos passeava em trilha de parque nacional

Midiamax Publicado em 11/08/2015, às 00h06

None
gettyimages-73018146.jpg

Homem de 63 anos passeava em trilha de parque nacional

Um turista de 63 anos morreu ao ser atacado por um urso cinzento enquanto passeava por uma das trilhas do Parque Nacional de Yellowstone, informaram nesta segunda-feira os responsáveis por essa grande reserva ambiental localizada no oeste dos Estados Unidos.

Embora a investigação ainda não tenha sido concluída, o superintendente do parque, Dan Wenk, afirmou em comunicado que “os resultados preliminares mostram que o turista foi atacado por pelo menos um urso cinzento”.

O corpo de Lance Crosby, que inclusive havia trabalhado no parque há anos, foi encontrado no fim de semana com ferimentos nos antebraços e partes dilaceradas.

As autoridades resgataram uma fêmea que seria a que atacou Crosby e que está sendo examinada em busca de evidências. Caso se confirme a autoria, o animal pode ser sacrificado, mas Wenk ressaltou que essa decisão “não seria tomada superficialmente”.

“Yellowstone tem uma programa de gestão de ursos cinzentos desde 1983. Os objetivos básicos do programa são minimizar as interações entre ursos e humanos, prevenir o deslocamento de ursos para conseguir fontes básicas de alimento por culpa dos humanos e diminuir o risco de ferimentos causados pelos ursos”, ressaltou ele.

Esta foi a terceira morte por ataque de urso no parque desde 2011.

Com superfície de 8.983 quilômetros quadrados, Yellowstone abrange partes dos estados de Wyoming, Idaho e Montana. Calcula-se que lá vivam entre 674 e 839 ursos cinzentos, uma subespécie do urso pardo que pode chegar a pesar 550 quilos e medir, de pé, até 2m40 de altura.

Jornal Midiamax