Mundo

Papa Francisco dedica missa na Filadélfia ao futuro da Igreja

Francisco pediu maior contribuição dos laicos e das mulheres

Gerciane Alves Publicado em 26/09/2015, às 16h30

None
papa.jpg

Francisco pediu maior contribuição dos laicos e das mulheres

O futuro da Igreja Católica foi o principal tema abordado pelo papa Francisco em uma missa neste sábado (26) para bispos e religiosos da Pensilvânia, celebrada na catedral de São Pedro e São Paulo, na Filadélfia, última etapa de sua viagem aos Estados Unidos.   

Ao chegar ao templo, o Pontífice argentino foi ovacionado por milhares de pessoas que se espremiam nas ruas dos arredores. O mesmo entusiasmo se viu nos membros do clero, que usaram smartphones para tentar tirar ao menos uma foto de Jorge Bergoglio.   

Foi nesse ambiente de bastante euforia que Francisco afirmou que o futuro da Igreja, em uma sociedade que muda rapidamente, depende de uma participação “muito mais ativa” dos laicos. “O nosso desafio hoje é construir sobre aquelas bases sólidas e fazer crescer um sentimento de colaboração e responsabilidade compartilhada na programação do futuro das nossas paróquias e instituições”, disse o Papa, em espanhol.   

No entanto, Bergoglio ressaltou que isso não significa renunciar à autoridade espiritual conferida ao clero, mas apenas “discernir e valorizar com sabedoria” os múltiplos dons que o “Espírito derrama sobre a Igreja”. “Significa estimar a imensa contribuição que as mulheres, laicas e religiosas, deram e continuam dando à vida das nossas comunidades”, acrescentou.   

O Pontífice ainda pediu para os bispos “refletirem” sobre os serviços do catolicismo às famílias e rezarem pelo Sínodo que, no mês de outubro, discutirá eventuais mudanças na doutrina da Igreja sobre o tema.

Jornal Midiamax