Mundo

Original de ‘Grey’, novo livro de ’50 tons de cinza’, é furtado de editora

A preocupação da editora é que os originais da britânica E.L. James vazem para a internet

Gerciane Alves Publicado em 10/06/2015, às 17h00

None
grey.jpg

A preocupação da editora é que os originais da britânica E.L. James vazem para a internet

O novo livro da saga  50 tons de cinza, Grey, teve seu original furtado da editora Random House, na terça-feira (9).  A preocupação da editora é que os originais da britânica E.L. James vazem para a internet ou que seus trechos sejam vendidos para a imprensa.

O livro tem sua publicação em inglês marcada para o dia 18 de junho, aniversário de Christian Grey. A obra será contada do ponto de vista do personagem. No Brasil, a obra chegará no dia 18 de setembro.

De acordo com E.L. James, o trabalho é uma resposta aos pedidos dos leitores por uma história contada a partir da perspectiva dele. “Este livro é dedicado a aqueles leitores que pediram… e pediram… e pediram… e pediram por isto”, escreveu.

“Cinquenta tons” já vendeu mais de 125 milhões de cópias em todo o mundo. Um filme foi lançado também, estrelado por Jamie Dornan e Dakota Johnson.

Jornal Midiamax