Mundo

O último presente de Napoleão ao filho pode ser vendido por até R$ 6 milhões

Napoleão II recebeu como presente de seu aniversário de 4 anos duas pistolas encrustadas em ouro

Clayton Neves Publicado em 13/06/2015, às 19h36

None
alx_mundo-pistola-napoleao_original.jpeg

Napoleão II recebeu como presente de seu aniversário de 4 anos duas pistolas encrustadas em ouro

Um par de pistolas que pertenciam ao filho de Napoleão Bonaparte pode alcançar o lance de 1,9 milhão de dólares, aproximadamente 6 milhões de reais, em um leilão da Sotheby’s – uma das casas de leilões mais conhecidas do mundo. As armas, datadas de 1814, foram o último presente do imperador francês para seu filho, Napoleon François, de 3 anos.

As pistolas são encrustadas com ouro e exibem símbolos de Napoleão, como a águia imperial e a coroa de ferro da Itália. Elas foram entregues logo antes de Napoleão ser derrotado e mandado para o exílio na Ilha de Elba. Acredita-se que o dote seria um presente para o aniversário de 4 anos do menino, mas teve de ser entregue antes por causa da invasão da França pelos Aliados.

O filho de Napoleão, que recebeu por pouco tempo o título de Napoleão II, sonhava em seguir os passos do pai e se tornar um grande líder militar, mas morreu de tuberculose aos 21 anos. Para Christopher Mason, especialista em esculturas e arte europeia do Sotheby’s, “esses notáveis tesouros resumem a maior tragédia pessoal da vida de Napoleão: que ele viu seu amado filho e herdeiro pela última vez em janeiro de 1814, destruindo suas esperanças de criar uma linhagem duradoura”. O leilão será realizado no dia 8 de julho, em Londres.

Napoleão se autoproclamou imperador em 1804 e declarou guerra contra outras potências europeias, conquistando grande parte do continente. Ele só foi derrotado na Batalha de Waterloo, em 1815, e preso na ilha remota de Santa Helena, no Atlântico, onde morreu em 5 de maio de 1821.

Jornal Midiamax