Mundo

Morre surfista de 13 anos atacado por tubarão em Reunião

O jovem teve parada cardiorrespiratória na chegada dos serviços de socorro

Gerciane Alves Publicado em 12/04/2015, às 11h28

None
tubarao.jpg

O jovem teve parada cardiorrespiratória na chegada dos serviços de socorro

Um adolescente de 13 anos que fazia surfe em uma área proibida para banhistas na ilha da Reunião, departamento ultramarino da França no Oceano Índico, morreu neste domingo após ser atacado por um tubarão, informou autoridades locais em comunicado.

“Gravemente danificado nos membros inferiores e superiores, morreu apesar da imediata intervenção dos serviços de socorro”, acrescentou a Prefeitura local.

A associação POR (Océan Prévention Réunion) lembrou em seu site que o jovem surfava nos Aigrettes, na zona de Cap Homard, no oeste da ilha, uma zona proibida na qual se havia “relaxado a vigilância”.

O jovem teve parada cardiorrespiratória na chegada dos serviços de socorro, depois que o tubarão lhe arrancou uma perna, acrescentou a associação OPR.

As autoridades puseram imediatamente em andamento o dispositivo para a “pesca seletiva” de tubarões nos arredores da área do ataque.

Dos quatro ataques mortais de tubarões no mundo todo neste ano, dois aconteceram em Reunião, o que eleva para 16 os incidentes deste tipo desde 2011 na ilha, nos quais morreram sete pessoas.

O ataque anterior em Reunião foi no dia 14 de fevereiro, quando uma banhista de 22 anos morreu por causa das mordidas leves de um tubarão quando estava a apenas cinco metros da margem, em Pont Amacie, sul da ilha.

Jornal Midiamax