Mundo

Massacre: fotos de suspeito são encontradas em site racista

Em texto publicado na página, supostamente atribuída a Dylann Roof, ele diz: "não tenho escolha"

Gerciane Alves Publicado em 20/06/2015, às 19h41

None
racista.jpg

Em texto publicado na página, supostamente atribuída a Dylann Roof, ele diz: “não tenho escolha”

Uma página apareceu na internet com um manifesto racista e uma série de fotografias que parecem mostrar Dylann Roof, o suspeito do massacre da igreja de Charleston na quarta-feira. Em algumas imagens, ele segura uma pistola e, em outras, posa em frente a um museu militar da confederação e a estátuas de cera na Boone Hall Plantation.

A Reuters não conseguiu confirmar imediatamente quem criou a página ou a autenticidade das fotografias publicadas nele.

“Dizem que aceitemos o que está acontecendo a nós em função de malfeitos de nossos antepassados, mas tudo é baseado em mentiras históricas, exageros e mitos”, escreve o autor no texto do site.

Na conclusão, ele fornece uma ‘explicação’ críptica para ação, dizendo: “Não tenho escolha… Escolhi Chalreston porque é a cidade mais histórica em meu Estado e um dia teve a maior proporção de negros em relação a brancos no país… Alguém tem de ter a coragem de levar ao mundo real, e acho que tem que ser eu”.

Jornal Midiamax