Homem esfaqueia participantes de Parada Gay em Jerusalém

Suspeito ultraortodoxo já havia feito ataque similar em 2005
| 30/07/2015
- 22:20
Homem esfaqueia participantes de Parada Gay em Jerusalém

Suspeito ultraortodoxo já havia feito ataque similar em 2005

Um homem israelense esfaqueou participantes em uma marcha do Orgulho Gay anual em Jerusalém nesta quinta-feira (30), disse a polícia. Pelo menos seis pessoas ficaram feridas, segundo balanço das autoridades divulgado pela France Presse.

A polícia confirmou que o suspeito de cometer a agressão, que foi detido, é o judeu ultraortodoxo Yishai Schlissel, condenado por esfaquear três pessoas numa parada gay em 2005. Ele saiu da prisão recentemente, após cumprir 10 anos de prisão.

O Magen David Adom, o equivalente à Cruz Vermelha, indicou que um dos feridos está em estado crítico, enquanto os três outros foram feridos sem gravidade.

A marcha tem sido um foco de tensão entre a maioria predominantemente secular de Israel e a minoria judaica ultraortodoxa, que se opõe a demonstrações públicas de homossexualidade.

Veja também

Últimas notícias