Mundo

Bobbi Kristina, filha de Whitney Houston, tem falência múltipla dos órgãos

Segundo o TMZ, a morte da jovem é apenas uma "questão de tempo"

Clayton Neves Publicado em 14/02/2015, às 17h31

None
img-658978-bobbi-kristina20150214091423914665.jpg

Segundo o TMZ, a morte da jovem é apenas uma “questão de tempo”

Bobbi Kristina, filha de Whitney Houston, teve a falência múltipla dos órgãos neste sábado, 14.

Segundo o site TMZ, a morte da jovem agora é uma “questão de tempo”. Não importa mais se Bobby Brown — pai de Bobbi — decida desligar os aparelhos que a mantém viva, uma vez que ela já estaria morrendo naturalmente.

Quando foi internada após tentar o suicídio na banheira de sua casa há duas semanas, as atividades cerebrais já eram mínimas — e os médicos não tinham mais o que fazer.

ENTENDA O CASO

Bobbi foi encontrada desacordada na banheira de sua casa em Roswell, na Georgia, no sábado, 31. Nick Gordon, seu parceiro, tentou reanimar a jovem, fazendo respiração boca a boca, até a chegada da ambulância no local.

Internada no North Fulton Hospital, a jovem de 21 anos ficou sob vigília da família, que se apegou à fé para manter Bobbi viva. Os médicos chegaram a dizer que nada mais poderiam fazer pela filha de Whitney, cabendo a ela reagir ao tratamento.

A polícia investiga o caso e, segundo a imprensa norte americana, foram encontradas drogas na casa de Bobbi e marcas em seu corpo, provavelmente ocasionadas por uma briga com Nick, com quem mantém um suposto relacionamento violento.

Anteriormente, chegou-se a cogitar a hipótese de desligar os aparelhos que a mantinham viva no aniversário de morte de Whitney Houston, em 11 de fevereiro. Mas uma leve melhora em seu estado clínico adiou os planos.

Em fevereiro de 2012, a cantora foi encontrada morta na banheira do hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. Segundo a perícia, a causa da morte foi afogamento acidental aliado ao uso de drogas.

Jornal Midiamax