MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

Cyberpunk 2077: funcionários se revoltam por problemas após lançamento de jogo

Cyberpunk 2077 parece estar dentro de um pesadelo sem fim. Primeiro com problemas de performance na versão para consoles, o que gerou uma onda de pedidos de reembolso, a ponto da PSN remover o game da sua loja. Agora, o game sofre com críticas de seus funcionários que cobram explicações pela tragédia que foi o […]

Da Redação Publicado em 20/12/2020, às 15h30

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Cyberpunk 2077 parece estar dentro de um pesadelo sem fim. Primeiro com problemas de performance na versão para consoles, o que gerou uma onda de pedidos de reembolso, a ponto da PSN remover o game da sua loja. Agora, o game sofre com críticas de seus funcionários que cobram explicações pela tragédia que foi o lançamento do jogo. As informações são do TecMundo.

Segundo uma reportagem da Bloomber, a CD Projekt Red fez uma vídeo conferência com seus funcionários, com seus diretores se desculpando pelos problemas no lançamento de Cyberpunk 2077. Entretanto, foram bombardeados com uma série de perguntas, como “por quê disseram que  jogo já estava pronto, quando não estava?” e “como iria ficar a situação das horas extras implacáveis nos meses e anos que antecederam o lançamento do jogo?”.

Para completar, os próprios funcionários se mostraram muito preocupados com a reputação da empresa. Em consequência do desastroso lançamento do game, as ações da Projekt Red caíram 12% em Varsóvia, provocando um queda que eliminou os ganhos do ano.

A reunião aconteceu antes da iniciativa da empresa de remover Cyberpunk 2077 da PSN. Curiosamente, o jogo vendeu 8 milhões de cópias na pré-venda, entretanto, não há números informando a quantidade de reembolsos realizados nas plataformas no qual o jogo foi lançado.

Jornal Midiamax